Árvores Monumentais de Portugal,
Ernesto Goes,

146 pp., profusamente ilustrado, br.;
Preço: € 10,00

Os Pássaros (Bosques, parques e jardins),
Lars Jonsson,

scanner_20170205-10_burned

CL, 1.ª ed., s/d, profusamente ilustrado,
127 pp., encadernação editorial;
Preço: € 10,00

El Huerto Ecológico del Convento,
Christa Weinrich OSB

Susaeta, Madrid, s/d, 151 pp., ilustrado, br.;
Preço: € 15,00

Medicina Pelas Plantas,
Dr. Oliveira Feijão

Progresso Editora, 1986, 334 pp., br.;
Preço: € 10,00
Do índice: Principais preparações feitas com as plantas; As plantas segundo as doenças; As plantas medicinais; Algumas composições vulgares; Nomes vulgares das plantas medicinais; Índice dos ‘géneros’ e ‘espécies’.

PH. VAN TIEGEM
-ÉLEMENTS DE BOTANIQUE-

dsc06849_burneddsc06851_burned

Philippe Édouard Léon Van Tieghem (Bailleul, 19 de abril de 1839 – Paris, 28 de abril de 1914) foi um botânico e biólogo francês. Órfão, foi criado pelos membros de sua família. Obteve seu bacharelato em 1856, e estudou na Escola Normal Superior (França) seguindo os cursos de Joseph Bertrand (1822-1900), de Charles Joseph Sainte-Claire Deville (1814-1876) e de Louis Pasteur (1822-1895). Este último permitiu-lhe trabalhar no seu laboratório. Assim começou a trabalhar sobre o cultivo de cogumelos, observando no microscópio o desenvolvimento dos micélios. Obteve o seu doutoramento de física em 1864 e começou a ensinar Botânica na Escola Normal Superior. Em 1866, obteve um segundo título de doutor em História Natural. De 1873 a 1886, ensinou na Escuela Central de Artes y Oficios. Traduziu, em 1873, o Traité de botanique de Julius von Sachs (1832-1897). Em 1871 foi nomeado membro de la Sociedad Filomática de París e em 1876 de la Academia das Ciências Francesa, instituição que dirige em 1899. Van Tieghem entra no Museu Nacional de História Natural da França em 1878. Também lecionou no “Instituto Agronômico de Paris.
Preço: € 50,00

A FLORA DE PORTUGAL.

30 Mar 2016

A FLORA DE PORTUGAL.
PEREIRA COUTINHO. (António Xavier)

(Plantas Vasculares). Disposta em chaves dichotomicas. Professor de Botanica na Universidade de de Lisboa e do Instituto Superior de Agronomia, Director do Jardim Botânico de Lisboa. Aillaud, Alves e Cª. Lisboa. 1913. De 24×16 cm. Com 752 págs. Encadernação a meia pele francesa. Ilustrado.
Preço: 200 €

Santuários Naturais de Portugal,

167 páginas, br.,
profusamente ilustrado,
Preço: 10 €